Sobre a bagunça que sou e um pouco das minhas metas


Eu tô tão sem rumo em minha vida que já nem sei o que fazer. Eu não sei o que fazer com meu estado de não saber o que fazer. Eu passei tanto tempo sem lidar com minha própria vida que não tô sabendo voltar a lidar com ela. Tô quase me sentindo uma mãe que vive com os filhos e depois se vê perdida quando os mesmos vão viver a própria vida. Eu já citei isso até em outros posts, de que meu blog é o reflexo de quem eu sou. Eu sou verdadeira demais, então não conseguiria vir aqui e colocar algo que não tô sentindo ou vivendo. 

Eu estou tentando organizar a bagunça. Tô decidindo cada meta, cada coisa que quero focar, conquistar, entender, compartilhar. Minha vida só funciona quando esclareço essas coisas em minha mente, pois sou uma pessoa que tem muita energia, uma mente que não para... então preciso esclarecer alguns pontos para saber onde devo focar, ou seja, canalizar a minha energia. 

Não sei se já comentei aqui, não lembro. Mas eu me mudei. Isso também me ajudou a ficar atordoada. Coisa de gente fixa, de terra. hahaha Eu acho que gosto tanto de gatos por ser parecida com eles. Então eu estou nessa loucura, ainda mais sendo uma pessoa que complica demais as coisas. Então eu fico no pêndulo: quem eu quero ser em 2016? O que eu quero experimentar? O que eu quero viver? Ai vem a ansiedade que paralisa. Faço nada com medo de deixar de fazer alguma coisa... De tanta ânsia em viver.

Vai ficar mais tranquilo de voltar a postar quando eu decidir essas coisas. Mas eu meio a esse post, eu resolvi decidir algumas coisas. Tem umas coisas que já quero conquistar fazem um tempo e estão na lista e outras são novas, não são todas, mas são algumas das coisas que quero não apenas pra esse ano, mas pra vida toda:


FOTOGRAFAR: essa é velha. Eu já fui tão viciada em fotografar que comprei uma câmera semiprofissional antes mesmo de ter um blog, queria que minha forma de ganhar dinheiro, mas a falta de coragem e estima, deixaram esse sonho adormecido. E com os problemas, acabei deixando a câmera de lado. Mas, eu quero voltar. Mas assim, sempre como a ideia de um trabalho/hobby. Não necessariamente como a profissão pra vida. Do jeito que eu sou louca, não sei se me adaptaria.

FEED INSTAGRAM: está relacionado ao primeiro, né? Quero expor um feed legal por lá, mas só se eu conseguir fotografar... Quero que seja um misto de selfies, Espoleta e os outro bichanos da casa (mas aquele 90% Espoleta de sempre), cotidiano, papelaria, livros... Enfim, um diário fotográfico. hahaha 

VEGETARIANA 100%: eu já parei de comer animal terrestre, mas não os que vivem na água, tipo camarão e peixe. Parei: boi, porco, galinha, peru... Não tirei de vez ainda pois não consegui introduzir soja em minha alimentação. O motivo é o tópico seguinte. Eu sei que tem gente que passa a comer carne apenas uma vez por semana, pois já ajuda. Eu mal consigo mais comer peixe, só como quando não tem jeito... camarão idem. Estou chegando ao ponto de não suportar mais, então tenho que estudar sobre isso logo. Sobre o peixe e o camarão, como ainda, mas é bem pouco. Quero suspender eles nesse trimestre! c:

COZINHAR: eu não sei cozinhar muita coisa por motivo de que, eu não gosto. Eu prefiro arrumar/limpar do que preparar comida, já até falei disso no blog, se não me engano. Mas eu preciso aprender. Eu tô mudando minha alimentação gradualmente, comecei tirando a carne que mais fazemos o uso, em seguida, tão breve, quero retirar peixe e companhia e então, quando tiver preparada ou já sem ter estômago, pretendo me tornar vegan. Isso vai ser mais fácil se eu já tiver minha própria renda. Espero que sim, hein?


MEDITAR: sim, coisa que voltei a fazer de maneira um tanto desregrada no ano passado, mas que quero voltar a fazer nesse ano e de forma mais organizada. Em meu novo quarto, já tem um espaço reservado para a prática. Meditar é muito bom para quem possui ansiedade, mas não é somente por isso que pretendo praticar, é somente um dos bens que ela proporciona! c: Pretendo meditar pra organizar minha mente, acalmar a minha alma e manter o meu coração firme na jornada que eu escolhi percorrer: a da alma, do coração, da luz.

ARRISCAR: já um bom tempo que eu não sei o que é estar fora da zona de conforto. Sim, é muito confortável, mas não dá mais. Eu que já escondi tanto o meu coração, por medo, hoje me sinto fortalecida depois de aceitar ter o amor ao todo, ao um, como uma verdade. Acabo sendo inocente demais algumas vezes, mas nada que com a idade eu não aprenda. 

ESTUDAR: acho que esse tema não sai da minha lista fazem muitos, muitos anos! hahaha Sou CDF mesmo. Mas não é apenas estudar pra Direito, não. É estudar sobre espiritualidade, sobre a mãe Gaia, sobre o feminismo, sobre o que me der na telha. 

SAIR: sim. Preciso sair mais. Tô no auge da idade, meu povo. Não posso negar. Jovem e sem a esquisitice extra da adolescência. Então tá na hora. 


ORGANIZAR: pra ontem. Principalmente minha mente, está precisando de uma faxina, a danada. hahaha Mas também o meu quarto.

AMAR: não amar no jeito que você deve estar pensando. E eu também não sei explicar, isso é bem clichê, mas só sei dizer o que é quando estou sentindo e não sei mesmo colocar em palavras.

TRABALHAR: deve ser a meta mais antiga que tenho e não consigo realizar... quem sabe em 2016 eu não consigo! haha

ME CUIDAR: preciso. Por exemplo, o dedo que o cachorro daqui de casa mordeu, ele não está completamente normal. E quem ainda não foi ao médico? Pois é. Quem abandonou o tratamento dermatológico e não voltou? Unhum.
Eu desejo todo amor do mundo para as pessoas iluminadas desse mundo e desejo mais amor ainda as pessoas que ainda estão meio perdidas, pois são as que mais precisam. Quais as suas metas pra 2016? Caso não tenha um blog/página/vlog, comenta ai! Se tiver e postou algo sobre, deixe o link! Beijo de luz, nada terráqueos.

Ana Débora, com carinho e gratidão

2 comentários:

  1. Metas lindas, Ana! Desejo-lhe sucesso com todas. Por um 2016 cheio de amor ♥

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e obrigada por comentar.
Comenta com carinho. *3* hahaha